Um mercado pulverizado e abrangente como o de saúde e bem-estar demanda uma atenção especial quando o assunto é pulverizar informações e manter a cadeia e seus interlocutores engajados. Por possuir regras complexas e dinâmicas particulares, é fundamental que todos os players estejam alinhados com a estratégia da indústria farmacêutica.

Mas nem sempre é fácil conseguir isso. Por ser uma cadeia ampla e com particularidades diferenciadas em cada elo, é muito difícil conseguir reunir todos, em um único dia e local, para alinhar expectativas e estratégicas. Sem contar que também não seria produtivo ter um treinamento genérico para todos, quando se trata de assuntos tão específicos para cada público participante da estratégia.  

Segundo um estudo da McKinsey Global Institute, 70% das empresas brasileiras sofrem com a falta de profissionais com conhecimentos específicos no setor atuante. E esse número é muito preocupante, visto que o consumidor está cada vez mais informado e busca informações especializadas dos produtos e marcas antes da compra.

Treinamento à distância

Para mudar esse cenário, uma boa saída é investir em treinamento EaD para funcionários e demais interlocutores da marca. De acordo com a Câmara Americana do Comércio, essa ação já é mais comum do que se imagina: 76% das maiores empresas brasileiras investem em programas de treinamento para seus profissionais.

Esse tipo de iniciativa traz uma série de vantagens para os envolvidos. Os participantes, por exemplo, têm a oportunidade de terem acesso a um conteúdo dirigido para as necessidades do seu dia a dia, podendo acessá-lo a qualquer momento e de qualquer dispositivo móvel, não precisam perder horas no trânsito caótico das grandes capitais e conseguem ter um aproveitamento maior sobre o tema, pois têm a chance de aprofundar o estudo.

Já para a indústria o resultado é ainda muito positivo. Trata-se de um modelo de negócio auto sustentável, já que o investimento da metodologia, formação e disponibilização dos módulos é infinitamente menor do que se os cursos fossem presenciais. É possível manter toda a cadeia alinhada com módulos expansíveis para diferentes áreas e altamente escalonáveis, uma vez que atinge um número maior de pessoas com o mesmo custo, ajuda a engajar uma vez que os conteúdos são interativos e dinâmicos e ainda gera um valor riquíssimo para a execução das metas da estratégia da empresa, pois possibilita atrelar os indicadores de treinamento de cada área e suas responsabilidades na ferramenta. Afinal, informação gera responsabilidade!

jornada do paciente

Plataforma de EaD para empresas

Se você achou interessante usar essa estratégia para sua indústria, o próximo passo é buscar uma plataforma de EaD para empresas que tenha possibilidades que vão além de disponibilizar os módulos online.

Dependendo do perfil e da necessidade do seu negócio, os cursos ou módulos de ensino podem ser planejados por temas, públicos e perfil. Por exemplo, você pode ter acesso a um módulo que permita a orientação aos balconistas e farmacêuticos sobre as características farmacológicas dos seus produtos ou ainda treinar a equipe por meio da apresentação de técnicas de negociação e relacionamento comercial com os parceiros do varejo, e cada área terá seu acesso restrito. Também é possível contar com treinamento para valorizar o merchandising no PDV, transmitir aos parceiros informações de mercado, concorrência, comportamento do shopper, consumo das marcas e por aí vai.

O importante é buscar uma alternativa que seja on demand e tenha profundo conhecimento sobre seu mercado de atuação para a formação da metodologia e da trilha de conhecimento. Isso vai facilitar muito o atingimento do bom resultado final.

Fique Ligado! Saiba escolher a Plataforma de EaD certa!

É importante observar na contratação de uma plataforma de EAD algumas questões como:

  • A plataforma permite adicionar módulos em diversos formatos como vídeos, animações, podcast, etc?
  • Além de inserir os módulos, a ferramenta permite criar uma trilha contínua de avaliações, certificações e integrar isso às metas da empresa?
  • Ela permite criar uma régua de relacionamento automatizada para comunicar os participantes?
  • Tem opção de fóruns de debates e discussões online?
  • Qual a capacidade de incluir novos perfis?
  • Tem possibilidade de incluir módulos de gamificação para deixar os cursos mais interativos?
  • Qual sua capacidade de acessos?

Essas e outras perguntas são importantes levar em consideração ao optar por uma estratégia de EAD.

Agregue conhecimento para todos os players da cadeia e tenha a certeza de contar com profissionais treinados e alinhados com sua estratégia de negócio. Com certeza, sua competitividade será muito melhor e seu custo reduzido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *