Como você planeja as estratégias de trade marketing na sua empresa? Em tempos de ascensão digital é muito comum que as ações offline acabam ficando em segundo plano. Mas atenção: isso pode ser um erro fatal para seu plano de vendas.

Neste post, vamos falar sobre a importância da integração do marketing on e off e como implementar uma estratégia omnichannel eficiente.

 

Canais offline ainda são representativos no faturamento

Segundo um estudo feito pela consultoria Deloitte com executivos de empresas de varejo nos EUA, em 2017, as lojas físicas que atualmente respondem por 91% das vendas, devem representar 76% em 3 a 5 anos e 63% após cinco anos.

Em contrapartida, uma pesquisa realizada pela Frost & Sullivan Survey também nos EUA entre 2014 e 2016, feita com mais de 300 das maiores marcas de consumo do país, apontou que os consumidores preferem se relacionar com suas marcas em canais digitais, pois o comportamento de compra está mudando e migrando entre canais.

Isso mostra que a dinâmica comercial está mudando, mas que os canais offline continuam sendo importantíssimos para toda a cadeia do varejo. Portanto, é fundamental contar com a integração dos canais online e offline.

jornada do paciente

Estratégias omnichannel

Um caso muito interessante, quando olhamos o setor de bens de consumo, é o da Natura. Para não perder market share, a empresa vem trabalhando num novo modelo go to market e ampliando seus canais de venda. As principais mudanças passam pela digitalização do canal de consultoras via e-commerce e m-commerce, a abertura de lojas físicas em shoppings e a padronização do visual de merchandising nas lojas e quiosques.

A livraria Cultura é um outro exemplo que vale ser destacado. A empresa oferece a possibilidade de compra pelo e-commerce e retirada dos produtos nas lojas, ou vice-versa. Isso com total integração dos dados offline e online – o que é fundamental para a gestão da rede.

De volta ao mercado farmacêutico, vamos refletir sobre como uma marca, por exemplo, pode garantir presença nos pontos de vendas offline mais afastados do país de forma eficiente e aderente com os mais diferentes públicos.

Uma das maneiras de fazer isso é acrescentando ações digitais na estratégia off. E aí começamos a falar da importância da integração das estratégias e dos canais de comunicação para ter um posicionamento omnichannel que traga resultados.

Além do tradicional merchandising no pdv, como catálogos de oferta, campanhas em gôndolas, ações promocionais e de incentivos, existe a possibilidade de incrementar os diferentes perfis de ponto de vendas, por exemplo, com ideias digitais inteligentes.

 

Veja como:

# Catálogo de produtos digitais no caixa (Digital Merchandising)

Por meio desse serviço, os shoppers passam a ter mais facilidade e economia de tempo para localizarem os produtos no ponto de venda. A solução também ajuda na gestão de atualização das promoções e vantagens nos pontos de vendas.

 

# Push notification

Para desenvolver um modelo de relacionamento multicanal com o shopper, o push notification é uma excelente opção. Um exemplo de ação que pode ser feita por meio desse serviço é o envio de mensagem para celular do shopper para avisar quando o produto está prestes a acabar. Nessa mesma mensagem, o shopper pode receber um cupom de desconto e até mesmo a indicação do PDV mais próximo da sua localização.

 

# Plataforma de premiação inteligentes para estruturar relacionamento com os players

Outra maneira de aplicar ações digitais no ponto de venda é com o apoio de plataformas de premiação e incentivos inteligentes. Com esse serviço, os participantes dos programas recebem pontos por metas atingidas – conforme os regras estabelecidas pelas marcas – e podem resgatar os pontos em prêmios nas lojas.

Tratam-se de plataformas dinâmicas que auxilia no incremento das vendas, proporcionando mais adesão nas campanhas e também o controle do processo de metas e premiação.

 

# Mensageria (Régua de Relacionamento – CRM)

Para prover um modelo de relacionamento multicanal com o painel de PDVs, de modo a estreitar o relacionamento, a estratégia de mensageria é fundamental. O envio de mensagens periódicas ou pontuais, de acordo com a estratégia, tem como objetivo guiar os contatos até o próximo estágio de venda ou ainda promover a fidelização do público ativado.

 

# Plataformas de ensinos à distância

As plataformas de ensino à distância, também conhecidas como EaD –  Educação a Distância – ou e-learnings são alternativas ágeis e muito positivas para garantir suporte e informação correta do produto aos shoppers no PDV. Muitas vezes o consumidor sai do ponto de venda sem levar um produto ou incrementar sua venda por falta de confiança nas informações repassadas nas lojas ou porque o vendedor não soube incentivar a compra de algum outro produto. As plataformas de ensino online à distância proporcionam treinamento de vendas “on demand” (ou sob demanda) onde os vendedores e/ou balconistas podem se atualizar no período que acharem mais adequado e confortável para seu aprendizado. Esse estilo de ferramenta além de beneficiar o shopper com um atendimento mais qualificado, também beneficia as marcas que podem levar informação certa para muito mais atendentes e com um custo bem mais adequado do que uma apresentação de produto ou demonstração  presencial.

 

Como vimos, o comportamento do shopper já mudou e ele está em busca de mais facilidade e economia de tempo. Para ele, sempre vai sobressair a marca que entender sua necessidade e oferecer os serviços de forma unificada mantendo uma de atendimento nos múltiplos canais.

Portanto, busque o apoio de uma agência de comunicação com soluções 360 para lhe ajudar nesse processo de integração das ações online e offline e, assim atrair e fidelizar o shopper.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *